~             Musicantiga.com.sapo.pt     ~

Heinrich Ignaz von Biber (1644-1704).

 

Heinrich Ignaz von Biber figura na história da música como o mais importante compositor alemão para violino antes de Bach. Nasceu em 1644 em Wartenberg, na Boémia, e morreu  em Salzburg, em 1704. Nesta mesma cidade, Biber exerceu o seu mais importante cargo, o de "Kapellmeister". 

A sua obra constitui-se por sonatas para violino ou violinos e baixo contínuo, óperas, um concerto para trompete, música de câmara e missas, entre as quais as famosas "Missa Salisburgensis" e a "Missa Bruxellensis".

A música de Biber divide-se em dois universos: o da música para violino, e as missas e música de cerimónia. No primeiro caso, as suas obras são sonatas constituídas por introduções regra geral de andamento moderado e depois rápido, e sequências de andamentos diversos, cinco ou seis em número. Muitos andamentos têm nomes e são pictóricos, tal como nas sonatas de Couperin. Neste domínio, encontra-se uma soberba "Pascaglia" para violino, que é um magnifico monumento ao violino. No segundo caso, a música é pomposa, opta por instrumentações grandiosas, como na "Missa Salisburgensis", muito ao estilo de Lully, se bem que não tanto como no caso de Muffat.

Pode ser que Biber não seja o compositor mais genial do séc. XVII, mas é sem dúvida um grande compositor para violino, e que neste campo é tão grande como Bach.   

 

H.I.Biber: Uma das Mysterien Sonaten

 

Gravações recomendadas:

"Mensa Sonora": Musica Antiqua Köln, Goebel, Archiv.

"Missa Salisburgensis": Musica Antiqua Köln, Goebel, Gabrieli Consort and Players, McCreesh, Archiv.

"Missa Bruxellensis": La Capella Reial de Catalunya, Le Concert des Nations, Savall, AliaVox.

 

 

Voltar atrás.